O Caso Fretx: startup no setor do transporte

A Fretx é uma startup criada em 2020 e que tem como objetivo criar oportunidades de negócio no setor do transporte em Portugal.

Como surgiu a Fretx?

A Fretx foi criada em 2020, durante a pandemia, e surgiu da dificuldade sentida pelos seus fundadores em encontrar um serviço de transporte/mudanças profissional disponível e a um preço justo no mercado. O Thiago Dieb e o Bruno Barroso, são a cara do projeto e os responsáveis por idealizar e concretizar a Fretx.

A necessidade estava identificada, o know-how técnico existia, tanto o Thiago como o Bruno trabalham na área da tecnologia há mais de 10 anos, foi só uma questão de aproveitarem a sua veia empreendedora e criar um conceito rentável para a marca e para o negócio, e encontrar os parceiros certos.

O que distingue a Fretx?

Com pouco mais de 1 ano de existência, a Fretx já tem mais de 800 transportadores registados na plataforma e já foram enviadas mais de 4.000 propostas.
A Fretx é a única plataforma a atuar em Portugal 100% dedicada a este segmento, e a criar um elo de ligação entre o transportador e o cliente.

Temos como objetivo unir o cliente que precisa de um serviço de transporte de mercadorias com o profissional que pode responder a esse cliente. O processo para utilizar a plataforma é simples, o cliente identifica a sua necessidade na plataforma, e em seguida, os transportadores registados na Fretx enviam as propostas diretamente ao cliente. Assim, recebendo várias propostas, o cliente pode escolher o transportador mais adequado e que atende às suas necessidades.
É a primeira plataforma de prestação de serviços a usar a tecnologia de chatbot para facilitar a experiência do cliente, desde o momento do pedido de cotação aos transportadores, até à contratualização do serviço.

Os planos para o futuro são incorporar o machine learning e a inteligencia artificial na plataforma, para facilitar a escolha entre clientes e transportadores.
Por ser uma startup de tecnologia e os seus fundadores serem profissionais experientes do ramo, estão sempre a testar e a utilizar o que há de novo no mercado. A plataforma foi construída com base em PHP e JavaScript. A usar desde NodeJS a WordPress, sistema de deploy automatizado, hospedagem em nuvem, etc.

Qual a parceria que gostariam de destacar?

Sem dúvida a Transportes Gonniki! Temos tido resultados incriveis e até o próprio proprietário nos deixou o seu testemunho, dizendo que, desde que aderiram à Fretx, e que estão registados na nossa plataforma, o trabalho e a solicitação de orçamentos aumentou e a faturação também.

Bruno, sendo sócio fundador da Fretx, na tua opinião qual é o futuro da start-up?

Em apenas 12 meses de lançamento e operação, a plataforma já atende os 18 distritos de Portugal Continental, e pretendemos expandir as operações para as regiões autónomas e países vizinhos, com o intuito de facilitar os transportes e levar uma experiência única a todos.
Neste momento estamos a atender transportes de pequeno e médio porte, com o foco principal em mudanças residenciais, comerciais e/ou transportes menores. No futuro estamos a prever atender serviços expresso, transportes de grandes cargas e melhorar a experiência em transportes internacionais. Também continuaremos a construir uma plataforma única e 100% focada no cliente, com benefícios e recursos exclusivos para os transportadores parceiros. O nosso serviço de atendimento e suporte ao utilizador é totalmente humanizado, mesmo sendo uma empresa de tecnologia, e isto permite-nos perceber de perto quais as reais dificuldades dos clientes e como podemos agregar ainda mais valor na vida das pessoas.

Foram estes e outros motivos que nos permitiram integrar o Grupo Integer. Com o apoio do grupo, sentimo-nos ainda mais fortes para avançar e impactar ainda mais as pessoas.

Qual o papel da Integer neste projeto?

A união da Integer com a Fretx teve início em 2021, o objetivo da Fretx é a expansão para todo o território português, inovar e criar oportunidades de negócio no setor dos transportes de mercadoria/mudanças em Portugal, gerar emprego e consequentemente ter lucro. Para isso acontecer, teríamos que assegurar a contratação de novos talentos, por exemplo na área de gestão, comunicação, marketing e tecnologia. Com toda a certeza, esta parceria será uma mais valia para ambas as partes!

Jorge Augusto Dieb
Head of Branding

Últimos Artigos

Versos de um Programador
Versos de um Programador

Se ainda não sabias, agora ficas a saber que há um dia no calendário exclusivamente dedicado aos Programadores. A...

IMS na Integer
IMS na Integer

Neste artigo, vamos falar sobre a criação da área do IMS (Integrated Management System) na Integer, quais as certificações...

Ate já Integer
Ate já Integer

Ao terminar o meu mestrado, em Psicologia das Organizações, na Universidade de Coimbra, decidi arriscar e mudei-me para a...

Utilizamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Os cookies ajudam-nos a perceber a forma como o nosso website é utilizado. Ao continuar, estás a aceitar a nossa Política de Cookies. Ao continuar, estás a aceitar a nossa Política de Privacidade.